FEPESE E ALESC CELEBRAM 15 ANOS DE PARCERIA EM PROGRAMA DE INCLUSÃO SOCIAL

Publicado em 10-jul-2019

Na última quinta-feira, 4, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina – ALESC, deputado Júlio Garcia (PSD), deu as boas-vindas a 22 estagiários, jovens negros em situação de vulnerabilidade social, que trabalharão no Parlamento por meio do Programa Antonieta de Barros (PAB). Já são cerca de 400 alunos beneficiados desde 2004 no programa de inclusão social.

 

O professor Mauro Fiuza, presidente da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – Fepese, compôs a mesa de cerimônia da solenidade, afinal em 2019 o PAB, instituído pela Lei Estadual nº 13.075/2004, completa 15 anos de existência, uma parceria de sucesso entre a instituição estadual e a Fundação, responsável pela seleção e pela supervisão dos jovens.

 

A Fepese já efetivou mais de 17 mil estágios e atendeu cerca de 5700 clientes desde que criou a sua Agência Integradora de Estágios, nos anos 1990, e tem no PAB um de seus principais modelos de projetos entregues para a sociedade.

 

Ao final da cerimônia, respondendo ao apelo de uma líder comunitária do Morro do Céu, o presidente do Legislativo afirmou que vai aumentar em 50% o número de vagas para o programa, passando de 40 estagiários por ano para 60. A coordenação de Estágios Especiais agora corre para implantar a mudança ainda em 2019.

 

O PAB é reconhecido pela sociedade catarinense como uma importante política de ação afirmativa no âmbito do Poder Legislativo, e ao inserir jovens em um contexto social e cultural diferente do usual proporciona treinamento e oportunidades de acesso ao mercado de trabalho formal.

 

Para ingressar no programa o jovem deve ter entre 16 e 24 anos, estar regularmente matriculado no ensino médio, técnico ou superior, ter renda familiar até dois salários mínimos e meio, além de estar em situação de vulnerabilidade social.

 

Os jovens selecionados recebem mensalmente R$ 650, mais R$ 150 de auxílio transporte, R$ 600 de auxílio alimentação, além dos uniformes. No total, por ano, o PAB mantém 40 estagiários trabalhando na ALESC.

 

PARCERIA LONGEVA

 

“Além de sua reputação ética profissional, a Fepese abre grandes portas aos jovens para o mundo da educação e da profissionalização. Com o PAB não foi diferente. Oferecendo uma extensa gama de oportunidades como Workshops, estágios e treinamentos, a Fepese torna se uma eficaz aliada em sua atuação frente ao Programa Antonieta de Barros. Muito além de uma prestadora de serviço, a Fepese se diferencia por possuir um olhar primoroso a respeito de nosso programa refletindo seu apoio incondicional nestes últimos anos”, afirma a coordenadora de Estágios Especiais da ALESC, Miriam Lopes, sobre a parceria de mais de uma década.

 

“A Fepese tem muito orgulho da parceria desenvolvida com a ALESC pois o PAB tem um papel de inclusão social que é de suma importância para a sociedade, e que deveria ser replicado por outras instituições. Ao longo destes anos mais de 400 jovens estagiaram no programa sob supervisão da Fepese e tiveram a oportunidade de desenvolver-se profissionalmente estando aptos a encarar o mercado de trabalho após esta experiência”, destaca a coordenadora da Agência de Integração da Fepese, Laurenice Luna da Silva.

 

A longevidade do contrato com a ALESC denota o cuidado que a Fepese tem nos projetos em que atua, sempre imprimindo a excelência como sua marca de qualidade.

FEPESE – Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos
CNPJ: 83.566.299/0001-73 - Campus Universitário - CSE - UFSC - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC - Fone (48) 3953.1000