Noticias

FEPESE E ALESC CELEBRAM 15 ANOS DE PARCERIA EM PROGRAMA DE INCLUSÃO SOCIAL

Na última quinta-feira, 4, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina – ALESC, deputado Júlio Garcia (PSD), deu as boas-vindas a 22 estagiários, jovens negros em situação de vulnerabilidade social, que trabalharão no Parlamento por meio do Programa Antonieta de Barros (PAB). Já são cerca de 400 alunos beneficiados desde 2004 no programa de inclusão social.

 

O professor Mauro Fiuza, presidente da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – Fepese, compôs a mesa de cerimônia da solenidade, afinal em 2019 o PAB, instituído pela Lei Estadual nº 13.075/2004, completa 15 anos de existência, uma parceria de sucesso entre a instituição estadual e a Fundação, responsável pela seleção e pela supervisão dos jovens.

 

A Fepese já efetivou mais de 17 mil estágios e atendeu cerca de 5700 clientes desde que criou a sua Agência Integradora de Estágios, nos anos 1990, e tem no PAB um de seus principais modelos de projetos entregues para a sociedade.

 

Ao final da cerimônia, respondendo ao apelo de uma líder comunitária do Morro do Céu, o presidente do Legislativo afirmou que vai aumentar em 50% o número de vagas para o programa, passando de 40 estagiários por ano para 60. A coordenação de Estágios Especiais agora corre para implantar a mudança ainda em 2019.

 

O PAB é reconhecido pela sociedade catarinense como uma importante política de ação afirmativa no âmbito do Poder Legislativo, e ao inserir jovens em um contexto social e cultural diferente do usual proporciona treinamento e oportunidades de acesso ao mercado de trabalho formal.

 

Para ingressar no programa o jovem deve ter entre 16 e 24 anos, estar regularmente matriculado no ensino médio, técnico ou superior, ter renda familiar até dois salários mínimos e meio, além de estar em situação de vulnerabilidade social.

 

Os jovens selecionados recebem mensalmente R$ 650, mais R$ 150 de auxílio transporte, R$ 600 de auxílio alimentação, além dos uniformes. No total, por ano, o PAB mantém 40 estagiários trabalhando na ALESC.

 

PARCERIA LONGEVA

 

“Além de sua reputação ética profissional, a Fepese abre grandes portas aos jovens para o mundo da educação e da profissionalização. Com o PAB não foi diferente. Oferecendo uma extensa gama de oportunidades como Workshops, estágios e treinamentos, a Fepese torna se uma eficaz aliada em sua atuação frente ao Programa Antonieta de Barros. Muito além de uma prestadora de serviço, a Fepese se diferencia por possuir um olhar primoroso a respeito de nosso programa refletindo seu apoio incondicional nestes últimos anos”, afirma a coordenadora de Estágios Especiais da ALESC, Miriam Lopes, sobre a parceria de mais de uma década.

 

“A Fepese tem muito orgulho da parceria desenvolvida com a ALESC pois o PAB tem um papel de inclusão social que é de suma importância para a sociedade, e que deveria ser replicado por outras instituições. Ao longo destes anos mais de 400 jovens estagiaram no programa sob supervisão da Fepese e tiveram a oportunidade de desenvolver-se profissionalmente estando aptos a encarar o mercado de trabalho após esta experiência”, destaca a coordenadora da Agência de Integração da Fepese, Laurenice Luna da Silva.

 

A longevidade do contrato com a ALESC denota o cuidado que a Fepese tem nos projetos em que atua, sempre imprimindo a excelência como sua marca de qualidade.

FEPESE REALIZA A SEGUNDA ETAPA DO PROJETO TIME DE VALOR

A manhã estava fria mas o clima esquentou quando as caixas de som tocaram Macarena e Anitta. Cerca de 60 colaboradores da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – Fepese participaram da segunda etapa do projeto interno Time de Valor na última quarta-feira, 3, no Hotel Quinta da Bica D’água. E a primeira atividade do dia, com muita música e animação, serviu para descontrair mas também para lembrar: é preciso confiar em seus companheiros de trabalho.

 

Vendadas, as pessoas tinham que se deixar guiar pelo salão por diferentes parceiros, sem nunca saber quem estava na guia – sempre ao som empolgante do “DJ” Claiton Varela, gerente técnico operacional da Fepese. “Sou surdo e não posso escutar, e com os olhos vendados não podia também enxergar. Os companheiros que me guiaram me fizeram sentir seguro”, declarou Ronério Walzburger, um dos três PCDs (Pessoas com Deficiência) da fundação, sobre a experiência. Inspirar a confiança e a empatia foram o objetivo da atividade.

 

Lançado pela diretoria com o intuito de aumentar o autoconhecimento da própria equipe, o Time de Valor cria atividades relacionadas aos valores da Fepese e promove o engajamento no propósito da organização. Se na primeira etapa, no final de abril, as três equipes formadas apresentaram seus colaboradores, suas funções e áreas de atuação, nesta segunda o objetivo foi mostrar os serviços que cada área oferece e quais são seus principais Stakeholders.

 

          

 

Leia sobre a 1ª etapa do projeto Time de Valor: https://bit.ly/2xwEdai

 

O presidente Mauro Fiuza também participou da atividade e achou a experiência muito válida para inspirar o time. “Esse é um momento muito positivo na história da Fepese, que se reinventou e nos últimos anos vem melhorando sua gestão e oferecendo mais produtos e qualidade para o mercado. E vocês são os responsáveis por esses resultados, e é por isso que nesse programa falamos na ideia de time, de colaboração, de integração”, afirmou o presidente em sua fala.

 

Fiuza destacou também a entrega do Relatório de Gestão das atividades de 2018 aos colaboradores, algo inédito na história da fundação. “Esses são passos que demonstram nosso avanço em termos de gestão administrativa e de posicionamento de mercado, e programas como o Time de Valor visam melhorar também nosso ambiente e operacionalidade interna”, completou. “O valor da Fepese são vocês”. O Relatório de Gestão do exercício 2018 da Fepese pode ser lido neste link: https://bit.ly/2Jc2qt2.

 

A terceira etapa do projeto será realizada ainda no segundo semestre, com data a ser confirmada.

 

FEPESE REALIZA CONCURSO DA CELESC PARA MAIS DE 12 MIL CONCORRENTES

Conhecida por sua ilibada reputação na organização de Concursos Públicos, a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – Fepese realizou no dia 26 de maio a aplicação de provas do mais recente concurso da Celesc. O certame foi realizado em cinco cidades do estado, Florianópolis, Lages, Chapecó, Joinville e Criciúma, e teve 12.734 concorrentes.

 

A fundação foi contratada pelo Governo do Estado de Santa Catarina para realizar o planejamento, a organização, a aplicação, a fiscalização e a correção de provas do Concurso Público, o que inclui a elaboração dos editais, divulgação do evento, material de inscrição, logística, aplicação e entrega dos resultados finais. Para dar conta de uma tarefa dessa magnitude, mais de 900 colaboradores trabalharam para garantir a qualidade e a segurança.

 

Com vagas para o Nível Médio, Nível Médio Técnico e Ensino Superior, o concurso teve candidatos de 19 estados brasileiros, sendo o maior número de Santa Catarina (91,5%), seguido por Paraná (5,15%) e Rio Grande do Sul (2,74%). O site para a inscrição teve impressionantes 462.725 acessos. A prova também serviu para a formação de cadastro de reserva da Celesc, para vagas que por virtude venham a ser criadas no futuro.

 

O resultado da prova escrita e da classificação final foram publicados no dia 10 de junho, e pode ser conferido no site da Fepese em http://2019celesc.fepese.org.br/. A publicação das respostas aos recursos e a republicação do resultado final após esses recursos já estão no ar no mesmo link.

 

Confira aqui o edital do concurso: https://bit.ly/2JXtgI6

FUNDAÇÃO APOIA EVENTO DA UFSC JOINVILLE PARA O MERCADO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

A missão da Fundação de Estudos e Pesquisas Sócioeconômicos – Fepese é apoiar a UFSC no cumprimento de sua função institucional, e como parte dessa atividade patrocinou e participou do evento MEET UP – Encontro da Indústria de Construção Civil com a UFSC Campus Joinville, no dia 23 de maio. A atividade foi promovida pelo curso de Engenharia Civil de Infraestrutura do Campus do norte do estado com o objetivo de aproximar a iniciativa privada da academia, e contou com a presença de diversas empresas ligadas ao setor da construção civil.

 

A programação teve apresentações da UFSC Joinville, do curso de Engenharia Civil de Infraestrutura, da empresa júnior (ESATI) e dos laboratórios do Campus. Durante o movimentado dia, houve também o evento Talk: O mercado da construção – realidades e perspectivas, além da premiação do Desafio de Inovação na Construção. “É muito importante ter profissionais e empresas reconhecidos junto a nós, que trazem crédito ao evento e fazem com que ele passe a cumprir seu maior objetivo, que é nos aproximar para que possamos tornar realidade nossos ideais”, avaliou o coordenador do curso de Curso de Engenharia Civil de Infraestrutura do Campus Joinville, Prof. Marcelo Heidemann.

 

Eventos desse tipo são importantes não só para aproximar o saber acadêmico do mercado real, mas também para demonstrar para a sociedade a excelente qualidade da produção de conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina e de seus egressos. “A UFSC tem por missão produzir, sistematizar e socializar o saber filosófico, científico, artístico e tecnológico, ampliando e aprofundando a formação do ser humano para o exercício profissional, a reflexão crítica, a solidariedade nacional e internacional, na perspectiva da construção de uma sociedade justa e democrática e na defesa da qualidade da vida”, completa o Prof. Heidemman.

 

EQUIPE DA FEPESE PARTICIPA DA EXPOGESTÃO, EM JOINVILLE

Como parte da política de incentivo da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos na capacitação de seus funcionários, cinco colaboradores da instituição participaram da ExpoGestão em Joinville, nos dias 14, 15 e 16 de maio. O Superintendente Geral, Marcelino Hirofumi Ito, e a assessora da superintendência, Maria Luisa Bruciapaglia, foram acompanhados pelas três embaixadoras do programa interno Time de Valor.

 

Jéssica Mara Souza Rodrigues (Coordenadora Administrativo-Financeiro), Gabriele Tadiello Martins (Técnica do setor de Projetos) e Letícia Alves Silva (Estagiária do setor de Concursos) foram eleitas representantes por suas equipes e ganharam como prêmio a participação no evento de Joinville.

 

Um dos maiores eventos no sul do Brasil para líderes empresariais e gestores trocarem experiências, atualizarem tendências e estreitarem relacionamentos, a ExpoGestão deste ano reuniu 18 palestrantes de peso como o economista e ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega e da presidente da Microsoft Brasil, Tânia Cosentino.

 

“Um momento de muito aprendizado para a nossa equipe, nos relacionamos com diversas empresas para falar sobre projetos e capacitação”, explica Marcelino. Esta foi a primeira participação de uma equipe da Fepese no evento, e uma ótima oportunidade para a troca de ideias e reflexão sobre as últimas tendências em gestão empresarial.

 

E foi uma satisfação para a equipe perceber que muito do que se discutiu no evento como boas práticas de gestão já é aplicado na Fepese, mostrando que a instituição está atualizada e atenta ao futuro. “Foi ótimo saber que estamos no caminho certo”, completa Marcelino.

FEPESE LANÇA PROJETO INTERNO “TIME DE VALOR”

A manhã desta quarta-feira, 24, foi de muito aprendizado para os funcionários da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE. A atividade inaugural do projeto Time de Valor reuniu 60 colaboradores, entre fixos, terceirizados e estagiários, para um período de autoconhecimento do próprio time. O objetivo do projeto, que está programado para durar dois anos, é criar atividades relacionadas aos valores da FEPESE e promover o engajamento no propósito da organização. 
 
O dia começou com a fala do atual presidente da FEPESE, Mauro Fiuza, o qual relembrou a história da Fundação e sua importância para a sociedade, seguida por uma valiosa contribuição do primeiro presidente, Ermes Tadeu Zapelini, que fez uma preleção inspiradora para os colaboradores da Fundação. Feitas as introduções, era hora das apresentações dos times que formam a FEPESE e de suas áreas de atuação, mas com um detalhe: a metodologia pedia especificamente que fosse feita “de forma criativa”. 
 
Foi a deixa para as pessoas se soltarem, e o ambiente se encheu de boas ideias e um sentimento de conjunto. “Queremos criar um espírito de grupo cada vez maior para poder entregar um serviço cada vez mais relevante para a sociedade”, explicou o superintendente geral da FEPESE, Marcelino Hirofumi Ito.
 

Time FEPESE ao final da atividade / Foto: Paulo Moreno – IDEALIZE

 
As três áreas tinham que apresentar suas principais atividades internas, principais forças e fraquezas, suas intersecções com as demais áreas e qual sua relevância para a sociedade. Esse autoconhecimento pretende melhorar a comunicação interna, sempre uma dificuldade em qualquer empresa, e também estimular o surgimento de novas lideranças.
 
Pela empolgação do time já no primeiro dia, a direção iniciou esse processo com o pé direito.
 

19ª FEIRA DE ESTÁGIOS E EMPREGOS

IX SIEM – SIMULAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO

PRESIDENTE DA FEPESE ACOMPANHA INAUGURAÇÃO DO ÁGORA TECH PARK, EM JOINVILLE

O presidente da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – Fepese, Mauro dos Santos Fiuza, foi um dos 500 convidados a prestigiar a inauguração do Ágora Hub, o primeiro prédio do Ágora Tech Park, em Joinville, na noite desta quinta-feira (28). O parque tecnológico está sendo construído para se tornar um divisor de águas no futuro da cidade. “Estou impressionado ao ver pessoalmente a magnificência deste empreendimento”, declarou Fiuza, ao fim da noite.

Localizado dentro do Perini Business Park, o maior condomínio empresarial multisetorial da América do Sul, o Ágora é um espaço interativo, colaborativo e sustentável, idealizado para potencializar conexões entre os atores do ecossistema de inovação e tecnologia da maior economia de Santa Catarina. Nasce com a missão de reunir em um único espaço, e com o mesmo propósito, os propulsores da inovação: academia, governo, iniciativa privada e sociedade civil.

Projetado para ocupar uma área de 140 mil m², o planejamento ambicioso prevê a construção de mais seis prédios, a um custo que pode chegar a R$ 180 milhões, mas com a capacidade de gerar muito mais riqueza para a região. A projeção é transformar o parque tecnológico em referência nacional, como o Cubo, de São Paulo, que movimenta cerca de R$ 230 milhões por ano.

A aposta tem razão de ser: Joinville é o maior polo industrial do estado e conta com mais de duas mil empresas de tecnologia, sendo a terceira maior densidade de startups do país. “O Ágora é uma marca indelével não apenas para Joinville e para Santa Catarina, mas para o Brasil. E acredito no que foi dito hoje aqui, de que pode vir a ser um dos maiores parques do mundo”, destaca Fiuza.

VAGAS – EMPREGOS (CLT)

Vaga 288 – PROJETO 57/2018 -ENGENHARIA CIVIL, DE PRODUÇÃO OU PÓS GRADUAÇÃO NA ÁREA DE TRANSPORTES 
ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS
Remuneração: R$ 8.483,00 – 40 h/semanais
Análise e redefinição dos segmentos viários homogêneos, elaboração de planos de contagem de tráfego, cálculo de nível de serviço de rodovias e elaboração de laudos técnicos.
Domínio do pacote office, trabalho em equipe, proatividade.
Experiência no desenvolvimento de estudos de tráfego. Conhecimento da metodologia do Highway Capacity Manual (HCM). Experiência de 1 ano  com elaboração de estudos de tráfego e análises de nível de serviço utilizando HCM.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6495629405572919296

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16277


Vaga 289 – PROJETO 57/2018 – ENGENHEIRO AMBIENTAL PLENO –
GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA SANITÁRIO E AMBIENTAL – CLT
ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS

Remuneração: R$ 10.518,68 – 40 h/semanais
– Acompanhamento de levantamento em campo, auxílio na supervisão e no cadastro
de condicionantes ambientais em obra rodoviária. Análise detalhada de
documentação que compõe projeto e obra. Verificação de dados coletados em
campo e compatibilização com a documentação. Elaboração de relatórios técnicos.
– Formação em Engenharia Sanitária e Ambiental com experiência ou especialização
em projetos ambientais voltados para obras de infraestrutura, projeto, execução ou
fiscalização de Componente Ambiental.
– Conhecimentos acerca das condicionantes ambientais para projeto de obras
rodoviárias, análise de passivos ambientais e serviços de recuperação. Análise de
projeto e de dados colhidos em campo, conhecimento de normas e especificações,
elaboração de orçamentos e emissão de laudos.
– Experiência mínima de 5 anos.Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6496344806845927425

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16282



Vaga 291 – PROJETO 57/2018 – ENGENHEIRO CIVIL PLENO – CLT
ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS

Remuneração: R$ 10.518,68 – 40 h/semanais
– Acompanhamento de levantamento de campo, auxílio na supervisão e no cadastro
de obras rodoviárias em campo. Análise detalhada de documentação que compõe
projeto e obra de infraestrutura rodoviária. Verificação de dados coletados em
campo e compatibilização com a documentação. Elaboração de relatórios técnicos.
– Domínio do pacote office, autocad, trabalho em equipe, proatividade e disposição
para trabalho em campo.
– Análise de projeto e quantitativos, dimensionamento e detalhamento de estruturas e
instalações, coleta e análise de dados, especificação de materiais, conhecimento de
normas e especificações afins. Conhecimentos básicos em projetos, verificação de
cálculos e sondagens. Conhecimento básico em orçamentos, emissão de laudos.
– Experiência mínima de 5 anos com projetos, execução e fiscalização de obras
rodoviárias.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6495640235278422017

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16280



Vaga 293 – PROJETO 57/2018 – ENGENHARIA CIVIL SENIOR – CLT
ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS

Remuneração: R$ 13.445,41 – 40 h/semanais
– Acompanhamento e supervisão de levantamento de campo e no cadastro de obras
de túneis rodoviários. Análise detalhada de documentação que compõe projeto e
obra. Verificação de dados coletados em campo e direcionamento e avaliação de
soluções. Conhecimento em engenharia de obras e túneis e disponibilidade para
trabalho em campo e viagens.
– Análise de projeto, dimensionamento e detalhamento de estruturas e instalações.
Solicitação, coleta e análise de dados, especificação de materiais, conhecimento de
normas e especificações afins. Elaboração de orçamentos de túneis, conhecimento
de bases de preços (SICRO, SINAPI) e emissão de laudos.
– Experiência mínima de 10 anos com projetos, execução e fiscalização de túneis
rodoviários.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6496345559656394752

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16283  



Vaga 295 – PROJETO 57/2018 – GEÓLOGO – GRADUAÇÃO EM GEOLOGIA–
CLT
ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS

Remuneração: R$ 8.483,00 – 40 h/semanais
– Acompanhamento de levantamento em campo, auxílio na supervisão e no cadastro
condicionantes geológicos em obra rodoviária. Análise detalhada de documento que
compõe projeto e obra. Auxílio na verificação de dados coletados em campo e
compatibilização com a documentação. Elaboração de relatórios técnicos.
– Estudos geológicos e geotécnicos, trabalho em equipe, dinamismo e proatividade,
boa escrita e comunicação. Disposição para trabalho em campo.
– Identificação de fatores condicionantes geológicos, como litologias, estratigrafia e
estrutura. Análise de mapeamentos existentes, cartas topográficas, mapas
pedológicos, geomorfológicos, geológicos, geotécnicos, hidrológicos, sismológicos,
documentos de avaliação de impactos ambientais etc. Cadastro no afloramento de
rochas, solos de baixa capacidade de suporte, cicatrizes de antigos
escorregamentos e quaisquer outros sinais que possam levar à identificação de possíveis problemas geotécnicos. Análise de ensaios e verificação de soluções
adotadas em projeto.
– Desejável experiência anterior mínima de 5 anos na área de estudos geológicos
e/ou fiscalização de obras geotécnicas.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6495721868912316416

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16284



Vaga 320 – PROJETO 057/2018 – TED 003/2018 -ENGENHARIA CIVIL/ SANITÁRIA E AMBIENTAL/ ENGENHARIA DE TRANSPORTES/ GEOLOGIA – CLT ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS
Remuneração: R$ 8.483,00 – 200 h/ mês – disponibilidade imediata
– Análise de projeto de obra rodoviária, elaboração de relatórios, estruturação de dados, quantificação e preposição de soluções nas áreas de terraplanagem, drenagem e pavimentação.
– Experiência em projetos de Engenharia rodoviária e/ou terraplanagem e/ou drenagem e pavimentação.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;

email: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6501812035456692224

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=16398


Vaga 368 – PROJETO 017/2015 – DESENVOLVEDOR DE SISTEMAS PLENO – CLT ATUAÇÃO EM FLORIANÓPOLIS
– Desenvolver aplicações Web E Desktop conforme especificações, propor técnicas para executar testes e validar funcionalidades, rotinas de planejamento. Apoiar no desenvolvimento dos recursos de front-end
– Desejável domínio da ferramenta GIT e Microsoft SQL Server, SOA, Web Services, JSON, API Rest, Design patterns.
– Necessita de experiência de no mínimo 2 anos desenvolvendo projetos em C#.net, Python ou Delphi e aplicações DESKTOP.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para: 
e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br



Vaga 409 – PROJETO 057/2018  – GEÓGRAFO PLENO – CLT
ATUAÇÃO FLORIANÓPOLIS
Área de formação: Geografia; Cartografia
Carga Horária: 40 h/semanais.
Atividades: Elaboração de mapas e base de dados, análises geoespaciais, desenvolvimento de pesquisas, realização de Workshops e capacitações. Necessária disponibilidade para viagens.
Conhecimentos gerais: Participação em equipes multidisciplinares na elaboração de estudos e pesquisas ambientais, elaborações de mapas temáticos, análise de base de dados.
Conhecimento avançado em softwares de sistemas de informações geográficas.
Experiência na área de no mínimo 5 anos.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;
e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=17705

https://www.catho.com.br/area-empresa/painel-vagas/15066311/




Vaga 410 – PROJETO 057/2018  – Especialista Ambiental Pleno – CLT
ATUAÇÃO FLORIANÓPOLIS
Área de formação: Eng. Florestal; Eng. Sanitária e Ambiental; Geografia; Geologia; Biologia; Arquitetura e Urbanismo.
Carga Horária: 40 h/semanais.
Atividades: Elaboração de relatórios, realização de entrevistas, avaliação de resultados, realização de Workshops e capacitações. Necessária disponibilidade para viagens.
Conhecimentos gerais: Experiência comprovada na elaboração de estudos e projetos ambientais e/ou acompanhamento de processos de licenciamento ambiental de obras de infraestrutura.
Recomendável experiência em supervisão ambiental e/ou execução de programas de obras de infraestrutura.
Experiência na área de no mínimo 5 anos.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;
e-mail: atendimentoclt@fepese.org.br

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=17706

https://www.catho.com.br/area-empresa/painel-vagas/15066328/

Vaga 418 – PROJETO 057/2018 – Engenheiro – CLT
ATUAÇÃO FLORIANÓPOLIS
Área de formação: Engenharia Civil
Remuneração: R$ 3.992,00
Carga Horária: 20 h/semanais
Atividades: Realização de pesquisas manuais, normas, legislação e características técnicas de engenharia para a regularização de acessos marginais as rodovias.
Conhecimentos gerais: Projetos Rodoviários.
Conhecimentos de projeto geométrico e de acesso de propriedades marginais às rodovias.
Necessita experiência mínima de 01 (um) ano em Engenharia de Tráfego. https://www.catho.com.br/area-empresa/painel-vagas/15160164/

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=18001

https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6551930264325550080


Vaga 421 – PROJETO 059/2018 – DESENVOLVIMENTO WEB – CLT
ATUAÇÃO FLORIANÓPOLIS
Área de formação: Ciências da Computação; Sistemas de Informação; Engenharia de Software e afins.
Remuneração: R$ 5.500,00 – R$ 7.500,00
Carga Horária: 40 h/semanais
Atividades de codificação na linguagem de programação, de acordo com as especificações técnicas, previamente realizadas por um analista de sistemas.
Para realização dos seus serviços, poderá utilizar as seguintes tecnologias ou métodos.
API RESTful, Java Script, Java, C#. Net, NODEJS, entre outros.
Conhecimentos gerais: Conhecimento pleno em linguagem de desenvolvimento Javascript e NodeJS; Conhecimento em banco de dados; Criatividade e pro atividade na resolução de problemas complexos; Facilidade para trabalhar em equipe e boa comunicação escrita e verbal.
Conhecimentos específicos: Conhecimento em linguagem de desenvolvimento Javascript e alguma linguagem de back-end com Phyton, Java, C# Net, NodeJS; Conhecimento em banco de dados relacional; Criatividade e pro atividade na resolução de problemas complexos; Facilidade para trabalhar em equipe e boa comunicação escrita e verbal.
Diferencial:
Conhecimento em docker, jenkins, CI/CD, microserviços.
Experiência de 2 anos ou mais  em desenvolvimento de aplicações.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para;
e-mail:  atendimentoclt@fepese.org.br

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=18088

https://www.catho.com.br/area-empresa/painel-vagas/15187203/https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6554817336380047360


Vaga 422 – PROJETO 059/2018 – ANALISTA DE SISTEMAS PLENO – CLT
ATUAÇÃO FLORIANÓPOLIS

Área de formação: Ciências da Computação; Análise de Sistemas; Engenharia de Software.
Remuneração: R$ 5.500,00 – R$ 7.500,00
Carga Horária: 40 h/semanais
Atividades: Levantamento de requisitos da aplicação a ser desenvolvida; Especificação dos requisitos de acordo com os padrões de engenharia de software adotado na empresa; Acompanhamento das atividades de desenvolvimento; Apoio na elaboração dos testes; Apoio na produção de relatórios técnicos.
Conhecimentos gerais: Boa didática para explicar sistemas e modelos; Criatividade e proatividade na resolução de problemas complexos; Possuir boa lógica de programação e estrutura de dados; Apoio na pesquisa por novas tecnologias;
Facilidade para trabalhar em equipe e boa comunicação escrita e verbal; Práticas de Scrum em desenvolvimento de software.
Conhecimentos específicos: Domínio de ferramenta GIT e seus fluxos de trabalho; Especificação de casos de uso; Tecnologias e arquiteturas para desenvolvimento de software como Microsoft SQL. Server; SOA; Web Services; JSON; API Rest; Design patterns; Estruturação e acompanhamento de cronogramas de desenvolvimento de produtos.
Experiência de 2 anos ou mais como analista de sistemas realizando especificações de sistemas.
Favor enviar currículo informando o código da vaga no campo assunto para: atendimentoclt@fepese.org.br

https://www.catho.com.br/area-empresa/painel-vagas/15187291/

https://estagios.ufsc.br/index.php?page=item&id=18091https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6554818167582052352

MAIS DE 150 VAGAS ABERTAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS EM SANTA CATARINA

Até o final de janeiro a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese) realizará dois concursos públicos e um processo seletivo em Santa Catarina.


São 106 vagas para professores do Magistério em Campos Novos no Concurso Público, e, cadastro de reserva no Processo Seletivo. Os salários variam entre R$ 2,4 mil e R$ 2,9 mil e o candidato poderá se inscrever para ambas as provas até a próxima segunda-feira (14) no site fepese.org.br. As provas ocorrerão no município no dia 27 de janeiro.


O outro concurso público realizado pela Fepese será para o Departamento de Infraestrutura do Estado (Deinfra-SC). As inscrições encerraram na última semana, com mais de 4,5 mil inscritos para as 44 vagas nas áreas de Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal e Engenharia Mecânica. As provas também serão realizadas no dia 27 de janeiro, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

TERCEIRA EDIÇÃO DA WORK WEEK

PAINEL DE OPORTUNIDADES

Click para download Click para download

CONGRESSO DE PREFEITOS 2018

SEMANA COMPETE 2018

topo

FEPESE – Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos
CNPJ: 83.566.299/0001-73 - Campus Universitário - CSE - UFSC - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC - Fone (48) 3953.1000